Cimento Portland Branco (CPB)

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

O Cimento Portland Branco se diferencia por sua coloração e está classificado em dois subtipos: estrutural e não estrutural. O estrutural é aplicado em concretos brancos para fins arquitetônicos, com classes de resistência 25, 32 e 40, similares às dos demais tipos de cimento e pode, portanto, ser utilizado nas mesmas aplicações do cimento cinza. Já o não estrutural não tem indicações de classe e é aplicado, por exemplo, em rejuntamento de azulejos e em aplicações não estruturais.

A cor branca é obtida a partir de matérias-primas com baixos teores de óxido de ferro e manganês, em condições especiais durante a fabricação, tais como resfriamento e moagem do produto e, principalmente, utilizando o caulim no lugar da argila. O índice de brancura deve ser maior que 78%.

Atualmente, a execução de concretos aparentes brancos surge como uma proposta atraente e moderna, que oferece novas possibilidades arquitetônicas, ampliando a aceitação do concreto como elemento de composição estética, mas sua utilização já remonta há décadas.

As possibilidades se ampliam quando se usam pigmentos, pois estes respondem melhor quando do uso de cimento branco. Assim são usados como concreto estrutural em projetos emblemáticos, pontes, viadutos, igrejas ou em tampos de cozinhas e banheiros, pisos etc. Peças pré-fabricadas de pavimento, os chamados pavers, são comuns em muitas cidades brasileiras, realçando a beleza de praças, parques e calçadas.