Workshop apresenta resultados

15/07/2011
Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

“As empresas que trabalham com processo produtivo evoluído produzem melhor e conseguem resultados finais mais significativos”, foi o que afirmou o Prof. Doutor Ubiraci Espinelli Lemes de Souza em workshop promovido pela Comunidade da Construção de Belo Horizonte, em junho.

O evento marcou o encerramento do Programa de Melhoria da Produtividade na Execução das Estruturas de Concreto implantado no ano passado e trabalhado pelo grupo de estruturas de concreto do Polo BH, dentro das ações do 4º ciclo de trabalho.

Considerada um dos maiores desafios para as construtoras brasileiras, a produtividade precisa ser entendida, na opinião de Ubiraci, para que a empresa possa tomar decisões acertadas e melhorar seus índices. Pensando assim, a Comunidade BH adotou como modelo a medição e avaliação dos dados de obras de oito construtoras de Belo Horizonte nos quesitos concreto, fôrmas e armação. Os resultados foram apresentados no workshop e mostraram aspectos relevantes do processo produtivo das empresas.

Acompanhado por um público de aproximadamente 80 profissionais, o evento contou com mesa redonda para debater os temas. Uma análise da amostragem oferecida pelas construtoras revelou possibilidades para as empresas mineiras. Para Ubiraci “a principal oportunidade é que temos condição de ganhar mais. O ideal é que a produtividade aliada à qualidade e observância às normas sejam moedas de uso freqüente nas construtoras mineiras”, conclui.

Para a coordenadora do Polo, Patrícia Tozzini, o principal resultado do trabalho foi orientar as construtoras de Belo Horizonte a pensarem no assunto produtividade como uma questão estratégica, desde a concepção até a entrega da obra. “O próximo passo é pensar em como multiplicar os ativos resultantes desse trabalho, explica Patrícia.