Setor lança Frente Parlamentar da Construção

01/12/2015
Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

 

Membros da FPIC: presença do presidente da ABCP, Renato Giusti (quarto, a partir da direita), e do diretor de Relações Institucionais da ABCP, Mário William Ésper (terceiro, a partir da direita)

 

Movimento tem adesão de 62 parlamentares e de 70 entidades da construção

O Departamento da Indústria da Construção (Deconcic) da Fiesp, em parceria com a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, lançou nesta segunda-feira, 30 de novembro de 2015, a Frente Parlamentar da Indústria da Construção.

A iniciativa terá como objetivo fortalecer a cadeia produtiva, por meio da sustentação dos investimentos em infraestrutura e desenvolvimento urbano, visando assegurar o equilíbrio entre o poder público e a iniciativa privada, trazendo a ambos segurança jurídica, previsibilidade e garantias.

 

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf (centro), discursa durante o lançamento da Frente

 

A Frente Parlamentar será presidida pelo deputado Itamar Borges (PMDB) e terá dois grupos de trabalho: um com foco em desenvolvimento urbano, coordenado pelo deputado estadual Antonio Ramalho (PSDB), e o outro dedicado à infraestrutura econômica, com a coordenação do deputado estadual Ricardo Madalena (PR-SP).

As pautas prioritárias que serão tratadas pela Frente Parlamentar são:

  • Viabilizar as propostas do Programa Compete Brasil, da Fiesp;
  • Implementar ferramenta de acompanhamento de obras emblemáticas;
  • Estimular a adoção do conceito Modelagem de Informação da Construção (BIM);
  • Implantar o Sistema Integrado de Licenciamento de Obras nas cidades paulistas (SILO);
  • Padronizar os códigos de obras municipais;
  • Reduzir o fator acidentário de prevenção (FAP / RAT);
  • Simplificar o regime de substituição tributária para materiais de construção;
  • Promover a segurança em edificações.

 

>> Conheça quem participa.