O secretário Marcos Penido (centro) toma a palavra, na mesa composta, entre outros, por Carlos Eduardo Pedrosa Auricchio (Deconcic), deputado Itamar Borges e Mário William Esper (ABCP)

Deconcic/Fiesp debate construção e mineração em SP

11/02/2019
Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

Uma extensa pauta ocupou nesta segunda-feira (11/02/2019) a reunião plenária da diretoria do Deconcic, que agora passa a contar com uma denominação mais abrangente: Departamento da Indústria da Construção e Mineração. O órgão da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) trata de temas relacionados ao mercado da construção civil e da mineração, reunindo diversas entidades representativas desses setores.

O evento foi prestigiado por Marcos Penido, secretário de Energia, Saneamento, Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Governo do Estado de São Paulo, e pelo deputado Itamar Borges, da Frente Parlamentar da Construção na Assembleia Legislativa de São Paulo. No encontro desta segunda-feira, coordenado pelo diretor titular do Deconcic, Carlos Eduardo Pedrosa Auricchio, a ABCP esteve representada por seu gerente de Relações Institucionais, Mario William Esper. 

A reunião plenária trouxe ao debate temas como: a situação das barragens no Estado de São Paulo; o excesso de peso em rodovias paulistas; ações do Senai-SP relativas ao BIM (Building Information Modeling); a definição de uma agenda prioritária do setor para discussão com o Governo: a apresentação dos dados de emprego relativos a 2018 e um relatório sobre recursos humanos da cadeia produtiva da construção. 

Mário William, da ABCP (primeiro à esq.), relata como foram as reuniões mantidas pelo setor com o Governo, em Brasília, na semana anterior

O diretor do Deconcic e conselheiro do Ibram (Instituto Brasileiro de Mineração), Luis Eulalio, executivo da Embu e diretor do Sindipedras, fala sobre o excesso de carga que prejudica as rodovias

TAGS:

,