Alvenaria estrutural é tema de treinamento

30/09/2010
Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

A partir de 1970, o sistema construtivo em alvenaria estrutural ganhou destaque no Brasil, em função do grande potencial de redução de custos e vantagens econômicas em relação aos sistemas convencionais. Atualmente as construtoras e produtoras de blocos de concreto passaram a investir nesse sistema de forma mais ativa, por ir de encontro à demanda do mercado imobiliário e à necessidade de agilidade no processo de construção. Por conta disso, a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) promoveu, em 17 e 18 de agosto, em parceria com o Crea/SP e a Associação de Engenheiros de Jundiaí (AEJ), na sede da AEJ, um curso de alvenaria estrutural com blocos de concreto para um grupo de 53 pessoas, formado por engenheiros, arquitetos, técnicos em edificações e estudantes de Engenharia e Arquitetura.

Além da visão geral sobre o sistema, os participantes conheceram os processos de execução, metodologia, controle da alvenaria, parâmetros do projeto estrutural, bem como entenderam como funciona o gerenciamento e a compatibilização dos projetos.

O engenheiro Arnoldo Augusto Wendler Filho, consultor em alvenaria estrutural e instrutor do programa, diz que o “evento atende a uma grande demanda do mercado e dos profissionais de Jundiaí, cidade que apresenta cerca de 70% a 80% das edificações em alvenaria estrutural.”
Ricardo Moschetti, gerente regional SP da ABCP, avalia a importância da atividade porque hoje “a racionalização da construção civil exige uma melhor capacitação das equipes, que precisam ter conhecimento da tecnologia, da execução da alvenaria, dos índices de produtividade e do controle tecnológico, a fim de garantir a qualidade final da obra em tempo hábil”.