ABCP homenageada nos 20 anos do Sinprocimento em Goiânia

01/02/2010
Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

Reunir o conhecimento adquirido na universidade e aplicá-lo à realidade do mercado. Com esse foco, foi realizado em Goiânia o Fórum UMB de Construção, que reuniu cerca de 200 pessoas no auditório do Sinduscon/GO. O evento faz parte de uma parceria entre a Universidade MB – pertencente ao grupo Brascan MB – e o pólo de Goiânia da Comunidade da Construção para investir no conhecimento e aperfeiçoamento de engenheiros, projetistas, técnicos e arquitetos para o mercado da construção civil.

A UMB está sob coordenação da executiva Miguelina Borges, da In Company Educação Corporativa, responsável pelo plano metodológico e pedagógico da universidade. “O setor da construção em todo o país está em franca expansão e em Goiânia não poderia ser diferente, por isso foi importante reunir tantas expertises e casos de sucesso que pudessem oferecer aos executivos chances de aplicabilidade dos conceitos que possam potencializar seus próprios negócios”, destacou Miguelina.

Durante o fórum, o engenheiro Arnoldo Wendler, consultor convidado pela Regional CO da ABCP, falou sobre o sistema de alvenaria estrutural com blocos de concreto como uma alternativa vantajosa para o setor da construção civil nacional. Em Goiânia, empresas como FR Incorporadora, Mares Engenharia e Emisa já utilizam a tecnologia na construção de prédios residenciais e comerciais. “Aqui na região Centro-Oeste o ambiente está caminhando para o ponto ótimo de utilização do sistema de alvenaria com blocos de concreto e estamos trabalhando para isso”, afirmou Wendler.

Também participou do evento o engenheiro Antônio Sérgio Conte, que levou para o público de Goiânia o conceito do “Lean Construction”, modelo de organização de produção da Toyota, que pode ser adaptado à realidade do setor da construção civil.

Ainda na programação, o gerente regional da ABCP/CO, Fernando Crosara, apresentou um panorama geral dos sistemas construtivos à base de cimento, tais como paredes de concreto, pré-fabricados, alvenaria estrutural e concreto PVC, alternativas disponíveis para as construtoras, diante do desafio colocado pelo governo federal com o programa Minha Casa, Minha Vida, que pretende construir mais de um milhão de casas populares no país.

Ao final, Crosara participou ao lado do presidente do Sinduscon/GO, Roberto Elias, do gerente da Caixa Econômica Federal Valcedir Vicente Rosa e de diretores da MB, de um debate com os presentes para discutir as perspectivas e o futuro do setor no Estado de Goiás.