O secretário Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos, Jean Carlos Pejo (centro), segura Acordo de Cooperação Técnica. A partir da esquerda: Ricardo Fragoso, diretor geral da ABNT, Mário William Esper, vice-presidente e presidente eleito da ABNT (também gerente de Relações Institucionais da ABCP), Cláudio Conz, presidente executivo da Anamaco, Paulo Camillo Penna, presidente da ABCP, e Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida, diretor de Planejamento e Gestão e Mobilidade do MDR

ABCP firma convênio de cooperação com a SEMOB, do Ministério de Desenvolvimento Regional

30/05/2019
Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

A Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) foi signatária na manhã desta quinta-feira (30/05), em Brasília, do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre a Secretaria Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos (Semob), do Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR), e a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O objetivo do plano de trabalho é transferir conhecimento, formação e tecnologias, visando a mobilidade urbana sustentável, em conformidade com o estabelecido na Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei nº 12.587/2012). Integram a iniciativa também a Associação Nacional dos Comerciantes de Materiais de Construção (Anamaco) e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O evento contou com a participação do secretário Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos do MDR, Jean Carlos Pejo, e do diretor de Planejamento e Gestão de Mobilidade, Clever Ubiratan Teixeira de Almeida, ambos signatários do acordo. Em seu pronunciamento, Jean Carlos Pejo destacou a importância do trabalho conjunto com a ABNT para o estabelecimento de normas técnicas que garantam tecnologias e aplicações da mais alta qualidade para atender a sociedade brasileira no tocante à mobilidade de cargas e especialmente de pessoas nos territórios dos municípios brasileiros, segundo o planejamento e a gestão democrática do Sistema Nacional de Mobilidade Urbana (SNMU).

Mário William Esper, vice-presidente e presidente eleito da ABNT, destacou que a Associação, como único foro nacional das Normas Brasileiras (NBR), tem papel primordial na elaboração dos documentos que aglutinem a melhor experiência e prática na execução e aplicação dos projetos, produtos, serviços e sistemas construtivos que contribuem para que a cadeia produtiva da indústria da construção atenda aos anseios da iniciativa privada e da sociedade civil na urbanização das cidades.

O presidente da ABCP, Paulo Camillo Penna, lembrou que o cimento Portland é o mais consumido material de construção, destacando ainda que sua centenária indústria brasileira possui grande protagonismo e guarda permanente preocupação com o atendimento das necessidades do país. A ABCP, acrescentou ele, atua diretamente e há bastante tempo com as administrações municipais, por intermédio de seu programa Soluções para Cidades, que auxilia as prefeituras a implementar sistemas construtivos à base de cimento duráveis, harmônicos e que encerram grande acessibilidade para a população.