Sistemas construtivos racionalizados permitem obras mais rápidas e eficientes « - Portal ABCP – Associação Brasileira de Cimento Portland
Tamanho do texto ou
29/08/2012

Sistemas construtivos racionalizados permitem obras mais rápidas e eficientes

Paredes de concreto, alvenaria com blocos de concreto e argamassa projetada são exemplos de sistemas construtivos racionalizados utilizados para superar desafios do setor, como a escassez de mão de obra. A partir da análise de cases dos principais estados brasileiros, a Associação Brasileira de Cimento Portland – ABCP apresentará, durante o Concrete Show South America 2012, como a racionalização dos processos contribui para que as construtoras obtenham o melhor desempenho do método construtivo adotado e garantam a qualidade que o consumidor exige.

De 2010 a 2024, o Brasil deverá construir cerca de 23,4 milhões de novas moradias para atender à formação das novas famílias, reduzir o déficit habitacional e eliminar as moradias precárias, segundo estudos da Fundação Getúlio Vargas para o Construbusiness. Para atender a essa demanda, as construtoras precisam ampliar o número de obras e sua área de abrangência, passando a atuar em regiões distantes de sua base tradicional.

Com os sistemas construtivos racionalizados, as empresas transformam os canteiros em verdadeiras linhas de montagem, aumentando a produtividade, reduzindo custos e melhorando a qualidade. “A utilização desses sistemas permite o retorno antecipado do investimento, pois a execução do cronograma torna-se mais dinâmica. Além de melhorar a gestão, aumentando a produtividade e a competitividade, os sistemas industrializados reduzem os desperdícios e o volume de resíduos nas obras, com ganhos para o meio ambiente”, explica Glécia Vieira, coordenadora da Comunidade da Construção e responsável pela área de edificações da ABCP.

A ABCP, por meio da Comunidade da Construção, movimento de integração da cadeia produtiva do setor, dissemina a adoção de sistemas construtivos racionalizados à base de cimento voltados para a construção de unidades habitacionais. O sistema de parede de concreto, por exemplo, permite a execução em curto período, com o uso de formas moduladas. “Essa tem sido uma das principais alternativas das construtoras que estão no mercado de habitação popular, por permitir a produção repetitiva e em grande escala, de modo rápido e com redução de mão de obra”, diz Glécia.

Os avanços da racionalização também modernizaram a execução da alvenaria estrutural, um dos sistemas construtivos mais utilizados no Brasil, que incorpora flexibilidade, economia e velocidade. Com o investimento em equipamentos e capacitação de mão de obra, os fabricantes aumentam a oferta de blocos de concreto estruturais de qualidade.

Os sistemas construtivos racionalizados contribuem também para melhorar a qualificação da mão de obra, o planejamento e a execução das obras, promovendo um salto de qualidade na indústria da construção civil.

Sistemas racionalizados à base de cimento

Alvenaria estrutural com blocos de concreto: processo construtivo em que a estrutura e a vedação do edifício são executadas simultaneamente. Os blocos de concreto são responsáveis pela estrutura da edificação. Esta solução permite construir desde simples muros, residências e edifícios de diversas alturas até hipermercados e indústrias.

Parede de concreto: sistema construtivo em que a estrutura e a vedação são formadas por um único elemento: a parede de concreto moldada in loco. Nela podem também ser incorporadas instalações e esquadrias. Permite fazer um planejamento completo e detalhado da obra.

Revestimento de argamassa: subsistema que recobre uma superfície porosa com uma ou mais camadas superpostas de argamassa, com espessura normalmente uniforme, resultando em uma superfície apta a receber o acabamento final.

 

Comunidade da Construção

A Comunidade da Construção – que completa 10 anos de atuação em 2012 – é um movimento de integração da cadeia produtiva que busca aumentar o desempenho dos sistemas construtivos à base de cimento. Formada por construtoras, fabricantes de materiais, projetistas, prestadores de serviço, universidades, entidades e consultores, tem como objetivo aumentar a competitividade de mercado. Criada pela Associação Brasileira de Cimento Portland – ABCP, a Comunidade da Construção conta com a participação de diversas entidades nacionais e locais, além de parceria com os Sinduscons – Sindicatos da Indústria da Construção Civil nas cidades onde está presente.

 

Serviço

Concrete Show South America 2012

Racionalização dos Sistemas Construtivos à Base de Cimento

Data: 29 de agosto

Horário: 14 horas

Local: Centro de Exposições Imigrantes – Auditório 1

Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo / SP

Informações: www.concreteshow.com.br

 

Informações para a imprensa

Press Services Soluções Integradas em Comunicação

Melissa de Castro – Tel.: (11) 3120.9990 – melissa@presscomunica.com.br


VEJA TAMBÉM:
• UTFPR discute pavimento intertravado e alvenaria estrutural        
• Treinamento de alvenaria estrutural é multiplicado no Senai/CE        
• Sistemas construtivos racionalizados permitem obras mais rápidas e eficientes        
• Senai/MT treina profissionais em alvenaria estrutural        
• Semana de engenharia da Unisociesc tem alvenaria estrutural        
• Pesquisa mostra crescimento de sistemas construtivos de cimento em São Paulo        
• Oportunidade para profissionais da construção civil em Jundiaí        
• Mulheres na construção será atração na Construir Rio 2012        
• Modelo é adotado por construtora para treinamento        
• Indústria da construção civil e instituições de pesquisa discutem alvenaria estrutural        
• Workshop auxilia gerenciamento financeiro de construtoras do Recife        
• Workshop apresenta resultados        
• Sistemas racionalizados para bater a meta de 100 mil moradias no DF        
• Sistemas construtivos para habitação no CE        
• Sistemas construtivos industrializados em debate no polo do Rio de Janeiro        
• Produtividade nas obras é foco em BH        
• Premiação no Enic marca 7 anos da Comunidade da Construção        
• Porto Alegre foca em acústica no segundo módulo da Norma de Desempenho        
• Polo de Sorocaba trabalha revestimento de argamassa        
• Práticas para a construção de qualidade        
Enviar para um amigo Imprimir
Todos os direitos reservados.
Associação Brasileira de Cimento Portland © 2009
SAC - LIGUE GRÁTIS 0800-0555776