Tamanho do texto ou

O diretor do DNIT Luíz Antônio Pagot e o vice-governador Silval Barbosa mostram o concreto da pista. Foto: Secom-MT

01/07/2010

Rodovia Serra de São Vicente é inaugurada no MT

Depois de muita espera e reivindicações da população mato-grossense, o primeiro trecho da obra de duplicação em concreto da rodovia que liga Cuiabá a Rondonópolis, na Serra de São Vicente, foi concluído. Ou seja, dos mais de 27 km de via, cerca de 10 km já estão liberados para o tráfego.

O pavimento de concreto foi adotado na construção em função do fluxo intenso e do grande impacto de cargas pesadas que a rodovia recebe diariamente. Por essa via, acontece o escoamento da produção de grãos, como milho e soja, além de madeira e gado, desde o Mato Grosso até as principais regiões portuárias do País. As obras foram iniciadas em maio de 2009 e devem estar concluídas até 2011.

De acordo com o gerente da Regional CO da ABCP, Fernando Crosara, o pavimento de concreto foi a alternativa escolhida até porque as demais em pouco tempo já apresentavam problemas. “O piso de asfalto durou apenas dois anos de uso e não resistiu ao grande volume de veículos pesados que trafegam no local”, explica.

A ABCP sugeriu aos consultores da obra que o pavimento fosse refeito, desta vez, em concreto. “A recuperação em whitetopping, com 24 centímetros de espessura, aplicado numa extensão de 27,5 km, abrange a parte antiga da estrada e a alça construída há cinco anos, utilizada pelos motoristas que saem de Cuiabá no sentido Rondonópolis” detalha Crosara.

O projeto contempla também a abertura de uma pista totalmente nova, que completa o binário da via, com 8,6 km em pavimento de concreto.

Em uso: O trecho liberado para tráfego, de cerca de 10 km, é uma variante comum às rodovias BR-070, BR-163 e BR-364 em Mato Grosso. Na cerimônia de entrega, a imprensa se fez presente. “Quem testou, aprovou. Fala-se que esta já é a melhor estrada do Estado”, comentaram alguns jornalistas.

Crosara informa que agora deve acontecer a continuidade da duplicação desde Rondonópolis até Nova Mutum, cujo projeto já está em fase de elaboração por contratação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). É grande a expectativa das autoridades locais sobre o bom desempenho do pavimento de concreto.

Enviar para um amigo Imprimir
Todos os direitos reservados.
Associação Brasileira de Cimento Portland © 2009
SAC - LIGUE GRÁTIS 0800-0555776