5º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel

22/02/2018
Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

O Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel continuam a mapear a produção arquitetônica contemporânea, ao destacarem, pelo quinto ano consecutivo, projetos significativos construídos no panorama atual brasileiro. A relação urbana e o comprometimento com o sítio de implantação e a sustentabilidade, bem como a inventividade projetual e construtiva, são os critérios fundamentais que norteiam o 5º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel.

Para essa quinta edição, as inscrições (gratuitas) devem ser feitas online, de 22 de fevereiro a 13 de abril de 2018, no site do Instituto Tomie Ohtake (www.institutotomieohtake.org.br), que traz informações completas sobre a premiação. Podem se inscrever arquitetos brasileiros ou estrangeiros de todas as idades que vivam no Brasil há pelo menos dois anos e que apresentem projetos construídos durante os últimos dez anos – ou seja, entre 01 de janeiro de 2008 e o momento da abertura das inscrições.

O júri, formado pelos arquitetos Adriana Benguela, Fábio Mariz Gonçalves, José Lira, Marcos Boldarini e Priscyla Gomes, selecionará os dez trabalhos finalistas que participarão da exposição na sede do Instituto Tomie Ohtake, que estará aberta ao público de 23 de agosto a 23 de setembro de 2018. Na inauguração do evento, serão anunciados os vencedores. Cada um dos três projetos selecionados receberá uma viagem internacional destinada a um membro da equipe de arquitetos responsáveis pelo projeto.

O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel, desde a sua primeira edição (2014), recebeu 519 projetos inscritos, provenientes de 19 Estados e do Distrito Federal. Na edição passada, 2017, o 1º lugar ficou com Adriana Benguela (Rosenbaum + Aleph Zero) com o projeto Moradas Infantis (Formoso do Araguaia-TO, 2015), enquanto Marcos Paulo Caldeira (MM18) foi o segundo colocado, com o Mirante 9 de Julho (São Paulo-SP, 2015), e Enk te Winkel (Vão) foi o terceiro, com o projeto Subsolanus (Cidade do México DF, México, 2015).

Sobre o Prêmio
O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel é resultado de uma parceria entre o Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel, multinacional holandesa que atua nos segmentos de tintas, revestimentos e especialidades químicas, e se insere nas perspectivas do Instituto, enquanto instituição cultural, ao promover iniciativas no campo da arquitetura, do urbanismo, das artes plásticas e do design.

Arquitetos, escritórios de arquitetura ou coletivos de arquitetos podem se inscrever com mais de um projeto, o que contribui para demonstrar um panorama da arquitetura brasileira nos seus mais variados contextos.

Os dez projetos finalistas participam da exposição na sede do Instituto Tomie Ohtake, registrada em catálogo, e os vencedores, anunciados na inauguração da mostra, são contemplados com viagens internacionais.